segunda-feira, 8 de março de 2010

Individualidade



A menos que você abandone a sua personalidade, você não será capaz de encontrar a sua individualidade. A individualidade é dada pela existência; a personalidade é imposta pela sociedade. A personalidade é conveniência social.
A sociedade não pode tolerar a individualidade porque a individualidade não acompanhará o rebanho, como uma ovelha. A individualidade tem a natureza de um leão: o leão move-se sozinho. As ovelhas estão sempre em rebanho, na esperança de que estar em grupo será aconchegante e mais seguro. No meio da multidão, o indivíduo sente-se mais protegido, seguro. Se alguém atacar, na multidão há todas as possibilidades de você se salvar. Mas, e estando só? - apenas os leões andam sós.
Cada um de nós nasceu leão, mas a sociedade está sempre a condicionar, a programar a mente de nós como ovelhas. Ela imprime uma personalidade, uma personalidade agradável, simpática, muito conveniente, muito obediente.
A sociedade quer escravos, não pessoas que sejam absolutamente dedicadas à liberdade. A sociedade quer escravos porque os interesses estabelecidos querem, e exigem obediência.

5 comentários:

  1. Olá,

    Agradeço ter seguido o blog Amoralya.blogspot.com. Neste momento está inactivo.
    Volte novamente para o novo blog: "lumynart.blogspot.com".

    Breve voltarei.

    Grata.

    Abraços,
    Lumena

    ResponderEliminar
  2. Lá passarei, abraços. E boa sorte para o novo blog. Felicidades.

    ResponderEliminar
  3. Muito bom este texto de Osho explicando a sutil diferença entre personalidade e individualidade.
    Obg por compartilhar!
    Bjss♥

    ResponderEliminar
  4. A individualidade é um conceito ainda muito difícil de assimilar, hoje vivemos para o exterior, e não contemplamos o nosso interior, vivemos de aparências , em vez de factos e realidades, por isso para mim este texto têm imensa insignificância, nós só nos liberta-mos quando somos aquilo que fomos designados ser, explicando melhor, quando compreendermos verdadeiramente o que estamos aqui a viver e a experimentar aqui na terra, porque hoje tudo vive a 200 ritmos por segundo, por ex., enquanto na realidade devíamos viver a vida a 70 ritmos por segundo, ou ainda menos. Só se vive a individualidade quando a sentirmos plenamente, e não superficialmente, quando sentirmos aquela interiorização, e ao mesmo tempo integridade de sermos só UM, mas falando A SÉRIO, PAZZZZZZ.

    ResponderEliminar
  5. Lapso em vês de INSIGNIFICÂNCIA, antes SIGNIFICÂNCIA, ou significado, importância ...

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails